Passos para caminhar na Fé

Posted By: admin on Out 15, 2012 in Formação
126981513

Percebe-se que estes dois discípulos estavam completamente de olhos vendados até chegarem ao reconhecimento de Jesus. Estes homens já tinham passado por uma desilusão numa experiência que tiveram de fé e por isso fecharam-se sem aceitarem nada mais do que era prometido. O primeiro passo é marcado pela presença desconhecida de Jesus em que ele se aproxima deles no caminho para Emaús, sem se aperceberem quem realmente era aquele homem, “ o único forasteiro”.

Jesus à medida que vai caminhando vai ouvindo-os, mas também abre o seu coração para mostrar-se à evidência dos sentidos daqueles homens.

Ele interpela-os dizendo “o que conversam no caminho?” mas esta figura disfarçada de Jesus cria neles uma “cegueira” por não verem quem realmente era.

Para eles, Jesus tinha sofrido e morrido na cruz e por isso não acreditavam mais em voltar a vê-lo. Jesus depois questiona-os, para saber o que estava a angustiar os seus corações. Assim se dá mais um passo, a escuta da história de Jesus.

Eles pediram-lhe para que ficasse com eles naquela noite e chegando à “casa do reconhecimento ”, toma o pão, abençoa e dá-lhes. De repente desaparece naquele instante, e eles percebem que se sentem felizes de novo pelo modo como Jesus se dá conhecer, ou seja, através do partir do pão.

Jesus Cristo apresenta-se diante deles Ressuscitado. Imediatamente vão a Jerusalém e testemunham o que lhes aconteceu. Anunciam o ressuscitado e confessam a fé que lhes vai dentro do coração.

Meus irmãos, é muito bonito quando nós, caminhamos, escutamos Jesus, mudamos de atitude, anunciamo-lo e ficamos em comunhão com Ele. Foram todos estes passos que os discípulos de Emaús fizeram. Trata-se da nossa caminhada e conversão espiritual. Mas muitas vezes caminhamos, mas não o escutamos. Ou até mudamos de atitude, mas depois não o damos a conhecer. Para sermos verdadeiros discípulos de Jesus, precisamos de fazer esta etapa. Não podemos parar a meio. É preciso sacrifício, suor, dedicação e por vezes sangue neste vale de lágrimas. Deus está connosco a toda a hora e a todo o momento. Sejamos sofredores e testemunhas de Cristo para que a nossa fé seja canal para outros que não a têm. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo para sempre seja louvado Sua mãe Maria Santíssima.

Concluindo com uma frase de H.Hodzic que diz: eis que “no caminho com o Senhor, conversando com ele, escutando a sua palavra, hospedando a sua presença e testemunhando a unidade da comunidade crente/confessante – onde as mentes se iluminam e os corações ardem – acontece o reconhecimento.”

Paulo Serapicos

Colaborador da Comunidade Canção Nova em Portugal

leave a comment