Mulher: seu lugar, natureza e graça

Posted By: admin on Mar 08, 2014 in Formação
flor_com_a_mulher

Falar da mulher nos dias de hoje, é antes de mais um desafio, mas ao mesmo tempo uma inquietação. Afinal qual é o nosso lugar, a nossa natureza? Que lugar temos na graça de Deus?

De uma forma simbólica e ilustrativa, no livro de Génesis, é-nos apresentada a forma de criação da mulher: “Então, o SENHOR Deus, após ter formado da terra todos os animais dos campos e todas as aves dos céus, conduziu-os até junto do homem, a fim de verificar como ele os chamaria, para que todos os seres vivos fossem conhecidos pelos nomes que o homem lhes desse. …contudo, não encontrou auxiliar semelhante a ele. Então, o SENHOR Deus fez cair sobre o homem um sono profundo; e, enquanto ele dormia, tirou-lhe uma das suas costelas, cujo lugar preencheu de carne. Da costela que retirara do homem, o SENHOR Deus fez a mulher e conduziu-a até ao homem.

O homem buscava uma “auxiliar semelhante a ele”, e de uma costela de Adão foi feita a mulher, assim damos o primeiro passo para entender o lugar da mulher. Ela foi criada para auxiliar, cooperar. Deus na sua sabedoria os criou de forma distinta, deu-lhes diferenças na sua constituição física, mental e emocional. Ele os criou para serem distintos, mas complementares um do outro. A estatura, força e capacidade de raciocínio, que no homem são mais destacadas, contrastam de uma maneira impar com a graça, gentileza e agilidade mental que são tão naturais à mulher.

A sua complementaridade torna-os iguais, mas de uma forma poética conforme nos fala na I Coríntios 11,14 : “Todavia, nem a mulher é separável do homem, nem o homem da mulher, diante do Senhor. Pois, se a mulher foi tirada do homem, o homem nasce da mulher, e tudo provém de Deus. Assim, se de facto a mulher foi tirada do homem e por isso dele provém, também o homem nasce da mulher, e assim dela provem…uma linda verdade primorosamente concebida, pois tudo vem de Deus!

Falei-vos de Eva, mas a palavra de Deus é rica na presença da mulher.

Sara, mulher de personalidade vigorosa, mas exemplo de mulher que espera em Deus.

No novo testamento, descobrimos mulheres piedosas, honradas e belas. A Virgem Maria, a agraciada, bendita entre as mulheres; Isabel, prima da virgem Maria, e mãe de João Batista; Ana, mulher já idosa, viúva , mas dedicada ao serviço de Deus. Mulheres testemunhas do nascimento de Cristo.

Maria, irmã de Lázaro, sentada aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra; em Betânia em casa de Simão, uma mulher se aproxima de Jesus e derrama-lhe sobre a cabeça um frasco de alabastro com perfume, e por este seu gesto, Jesus proclama: “ Em qualquer parte do mundo onde este Evangelho for anunciado, há-de também narrar-se em sua memoria, o que ela acaba de fazer”. As Mulheres trabalharam com Paulo na pregação do evangelho. Que belo e honrado caminho trilhado por estas mulheres cristãs. Que bom seria se pudéssemos encontrar as descendentes destas mulheres piedosas em cada aldeia, vila ou cidade do mundo! Que cada mulher cristã possa a partir do estudo das Escrituras caminhar determinadas a ser um testemunho singular do lugar maravilhoso e único que lhe foi concedido! E então, nesta hora descobrirão que serão respeitadas, ajudarão e guiarão os homens cristãos fazendo-os descobrir assim o significado verdadeiramente maravilhoso de “ auxiliar” a qual só pertence a ti – Mulher!

282851_605008806179445_2087487291_n

Sandra Dias

Missionária da Comunidade Canção nova

leave a comment