Droga um problema de todos

Posted By: admin on Jan 27, 2012 in Formação
correntes

A toxicodependência é um problema que atinge a todos e é responsabilidade de todos. Hoje, o nosso país, as capitais, as cidades e bairros, pouco a pouco, estão a ser inundados pelo tráfico e pela violência que a droga traz. Um dia, este problema poderá bater à sua porta – seja porta de um casebre, mansão, loja, indústria, igreja, escola, escritório…

Ninguém pode dizer: “este problema não é meu”, pois este problema já é nosso. Então, por que nós todos não nos envolvemos na solução desta situação que nos corrói aos poucos? Porque, talvez, muitos ainda vejam o problema só através dos jornais e não supõem que, no quarto ao lado, a dormir com eles, ao chegar da escola ou até mesmo a rezar com eles, essa pessoa se encontre no caminho das drogas.

Estamos a presenciar uma cena triste nos últimos dias. Os moradores da rua da Cracolândia, de maneira violenta, estão a ser expulsos, espalhados para outros lugares de São Paulo. Esta é a solução? É óbvio que não. Estamos apenas a transferir o problema para outra rua, outro bairro ou até mesmo outra cidade. Fica claro que outros ocuparão o mesmo lugar.

A Igreja actua com experiência concreta há anos, como é o caso das fazendas de recuperação, como a Fazenda da Esperança, experiências ainda pouco conhecidas, infelizmente!

Recentemente, preguei para 600 toxicodependentes, em recuperação, da Fazenda Esperança do Frei Hans, em Guaratinguetá (SP), e lá encontrei homens e mulheres sedentos por uma segunda oportunidade. Encararam o processo de restauração percebendo que, sem Deus, não é possível. Agora, quando falamos em Deus neste trabalho de recuperação, alguns cépticos podem, por um momento, dizer ou pensar que são amadores ou espiritualistas fazendo a parte que lhes cabe. Até admiram-nos pelo empenho e dedicação, mas não acreditam que esta seja a solução.

A Igreja pode auxiliar a sociedade e o próprio Governo no processo de recuperação. E digo isto com a experiência no resgate de pais de família, jovens, homens e mulheres que dão testemunhos de como saíram dessa armadilha.

Governo e Igreja juntos parece utopia. Mas, não o é! O Governo tem os recursos e a Igreja tem a experiência já testada e comprovada. Eu mesmo sou fruto dessa força do bem! Eu saí das drogas pela força do acolhimento e da espiritualidade que a Igreja me ofereceu.

Se consultadas, as pessoas que estão há anos neste trabalho trariam aos Governos, Nacional, Estadual e Municipal, uma “luz no fim do túnel”. Cuidaríamos dos doentes e eles cuidariam das fronteiras, do comércio ilegal de armas, carros roubados que são trocados por cocaína nas fronteiras, entre outros.

Usar da violência contra pessoas que estão doentes não é a solução. A repressão e a força, bem canalizadas, dão resultado, mas quando mal colocadas denigrem o ser humano. Acabam com o pouquinho de dignidade que lhe resta. Eu acredito que podemos vencer as drogas se nos unirmos. Nessa luta, repito: JUNTOS – Igreja e Governo – teremos a solução!

Dunga

Missionário da Comunidade Canção Nova

leave a comment