Depois de casar …

Posted By: admin on Fev 22, 2013 in Formação
aliancas

Depois de casar, como qualquer outro casal eu e o meu marido tínhamos o desejo de sermos pais. Passados dois anos de estarmos casados demos início a essa nova etapa da nossa vida. Mas nem tudo na vida é como planeamos, e enfrentamos um grande desafio.

As dificuldades começaram a surgir, o tempo passa e nada de gravidez. A ansiedade começa a apoderar-se de nós, começamos a fazer perguntas para as quais não temos resposta. Porque não consigo engravidar?

Tentamos não pensar muito no assunto, mas nem sempre é possível. Enquanto passamos por tudo isto, as pessoas que nos rodeiam invadem-nos de perguntas: vocês estão à espera de quê para ter um filho? Está mais que na hora… atenção à tua idade. Então o filho é para quando?

Nessa altura somos invadidos por alguma tristeza e respondemos: nós também queremos, estamos a tentar e até agora ainda não conseguimos. Então as atitudes deles muda, e então as respostas são: é porque ainda não chegou a hora; não pensem no assunto, quando isso acontecer vocês vão conseguir; quando menos esperares estás grávida. Aí percebemos que só quem passa por esta situação, é capaz de nos compreender. Para os outros é fácil falar, e nem se apercebem que aquilo que dizem não nos ajuda, só nos faz pensar cada vez mais, no porquê de não conseguirmos.

Passado um ano de tentativas, começaram os exames e os tratamentos. Das etapas mais dolorosas, fisicamente e psicologicamente. A dada altura deu vontade de desistir, achei que Deus nos tinha abandonado. E comecei a pensar, tantas mulheres que não querem engravidar e conseguem, e eu que quero não consigo. Porquê meu Deus…?

Foram três anos de tentativas, durante esse tempo consegui três testes de gravidez positivos, mas durou pouco tempo. Até que começamos a pensar qual seria a vontade de Deus para nós, qual o plano que Ele traçou, o que Ele quer de nós. Então decidimos que o tratamento de infertilidade que eu estava sujeita, não passaria dos medicamentos. Tentamos procurar aquilo que a Igreja aceita como tratamento e decidimos dizer NÃO a qualquer tipo de inseminação artificial. Aí vem novamente a pergunta: o que Deus quer de nós? Mas apesar de tudo sempre nos apoiamos um ao outro, e chegamos à conclusão que um filho não deve ser conseguido a todo o custo, devemos sempre procurar a vontade de Deus.

Foi então que surgiu uma nova pergunta: será que em vez de pais biológicos Deus quer que sejamos pais adotivos? Será essa a missão que Deus tem para nós? Dar todo o nosso carinho e amor de pais a uma criança, cuja mãe não lhe pôde dar.

Depois desta experiência, o que posso dizer a quem passa pelo mesmo é que não é fácil. Nem sempre se consegue, tem muitos casais que não conseguem, mas isso não deve ser motivo para desistirem do sonho de serem pais. Neste momento não consegui levar nenhuma gravidez até ao fim, acabaram logo no início, mas não é motivo para desistir de ser mãe. Não sabemos se vamos conseguir ser pais biológicos, mas pelo menos adotivos vamos tentar… rezamos para que Deus nos indique o caminho a seguir. Não desistam do vosso sonho, mas não gastem a vossa vida a tentar ter um filho biológico a todo o custo, pois se conseguirem quando ele chegar vocês podem já não ter forças para ele.

Procurem no vosso coração qual será a vontade de Deus para vós. Não tenham medo e sejam felizes.

Eduarda Barbosa

Colaboradora da Comunidade Canção Nova de Portugal

leave a comment