Cristo ressuscitou, Aleluia

Posted By: admin on Abr 01, 2013 in Formação
Luz no caminho_dia 28

Mais uma vez celebramos a vitória de Cristo sobre a morte do pecado e sobre as forças do inimigo.

Durante a quaresma a Igreja foi-nos dando ajuda e pistas sobre o caminho a percorrer para melhor celebrarmos o mistério Pascal, tempo de jejum, abstinência, caridade e principalmente tempo de mudança interior onde procuramos melhorar o nosso testemunho como cristãos para que todo o mundo reconheça que Jesus Cristo não foi apenas um profeta dos seus tempos mas sim foi, é e será sempre o verdadeiro Filho de Deus, dado ao mundo para sua salvação mas que não O aceitou como o Messias.

Agora que celebramos a Sua paixão morte e ressurreição é tempo de olharmos para o nosso interior e percebermos onde estamos, se nos mantemos onde Jesus foi anunciado ou se estamos atualizados e cremos verdadeiramente na sua ressurreição para remissão dos nossos pecados, principalmente para percebermos se estamos no tempo da sua misericórdia, onde não há razão para levarmos as nossas falhas e pecados connosco diáriamente para todo o lado, mas sim levar a Sua Palavra e os Seus ensinamentos a todo o mundo.

Tanta gente que nos rodeia que se diz cristão mas não O conhece ainda, Cristo por amor a nós, Jesus por todos nós, Jesus Cristo para todos nós.

Na vigília Pascal lembrei-me muito daquelas pessoas que apenas sabem que é Páscoa por ser época de fim de semana comprido, bom para tirar umas mini férias e que procuram nesse descanso as forças que eu encontrei com o meu grito de Aleluia por saber que o sepulcro estava vazio. Sepulcro esse onde devemos deixar os nossos pecados e com Cristo ressuscitar para a Vida eterna.

Façamos deste tempo novo, um tempo de graça e misericórdia para com os outros, levar o amor de Cristo a lares destruídos pela inveja, pelo ódio que o inimigo continua a impôr às famílias que desistem da vida porque não conhecem o Criador da mesma.

Podemos experimentar o abraço de Cristo quando abraçamos alguém que sem contar apenas desfruta do amor e do carinho, e no fim possamos dizer: Jesus ama-te.

Fiquem com Deus

Filipe Barbosa

Colaborador da Comunidade Canção Nova de Portugal

leave a comment